Sejam bem-vindos

Sejam bem-vindos

Clique na imagem e assine a petição

Seguidores

Siga-nos no facebook e curta nossa página

sábado, 25 de fevereiro de 2012

O que fazer quando a criança só quer dormir com os pais?


PORQUE AS CRIANÇAS QUEREM DORMIR COM OS PAIS?

 – A hora do sono é o momento mais desejado pela maioria das pessoas. Mas nas famílias que possuem crianças, esta pode ser a hora em que começam os problemas. É estimado que 35% das crianças dos 2 aos 5 anos de idade querem dormir com os pais. Chantagem emocional, choro, birra, gritos e muitos outros artifícios são utilizados com destreza pelos pequenos para conseguir um espaço na cama de casal.
DORMIR COM OS PAIS PORQUE AS CRIANÇAS QUEREM DORMIR COM OS PAIS?

Psicólogos e especialistas em educação infantil indicam que este comportamento pode ser insegurança, estímulo em horário errado, problemas e uma série de outros itens que precisam ser analisados caso a caso. Para solucionar esta situação, o ideal é que os pais, com esforço duplo, possam aos poucos reeducar a criança para que ela volte a dormir sozinha.

Antes de dormir

A hora que precede o sono infantil deve ser de total tranquilidade. Nada de televisão em programas pesados como jornais, novelas e afins. A criança absorve muita coisa que vê, portanto, se os programas forem violentos, com cenas fortes, isso ficará no subconsciente dos pequeninos.
Os horários deverão ser regrados. Dormir em uma determinada hora em um dia, no outro dormir mais tarde e assim por diante, não é benéfico para a saúde e desenvolvimento da criança. Desde os 2 anos de idade, quando começam a formar as primeiras palavras e terem noção do que elas significam, as crianças sabem receber regras, portanto, fica mais fácil inserir limites desde essa idade.
Levar a criança para o quarto e contar uma história infantil, estimula a imaginação e a tranquiliza, passando sensação de segurança. Além disso, os pais devem mostrar que estão apenas no quarto ao lado e que o ambiente é seguro.

Cada um com o seu

É válido saber que pode não ser saudável proibir logo de uma vez as crianças que querem dormir com os pais. Esse “cordão de dependência” deve ser cortado aos poucos, dia após dia. No decorrer das semanas, os pais devem utilizar exemplos práticos e pertencentes à rotina para explicar a situação. Assim, devem mostrar que cada pessoa possui seus espaços e objetos particulares, como a escova de dente, a roupa, os brinquedos e, sobretudo, seu quarto e sua cama.

Segurança tem haver com rotina

As crianças só pedem para dormir com os pais porque sentem insegurança, passam por situações conflituosas na escola, em casa, vivenciam problemas de outros coleguinhas e criam monstros, têm pesadelos e acordam no meio da noite. Para amenizar a situação, a rotina deve ser leve e equilibrada. E, sobretudo, nunca inicie brigas em família diante da criança.
Os pais precisam mostrar para os filhos que dormir sozinho é uma forma de autonomia e que isso é bom. O quarto também deverá ser ambientado de acordo com os personagens infantis que a criança goste. Tornar o clima agradável faz com que os pequenos queiram ficar mais tempo por lá.


 Fonte:http://www.pontoxp.com/porque-as-criancas-querem-dormir-com-os-pais/

NANA NENÉM
Para a Cuca não perturbar a noite do seu filho, use métodos relaxantes


Por: Carolina Ildefonso


Silêncio, o bebê está dormindo! O sono alimenta, faz crescer, relaxa, ajuda no desenvolvimento e é indispensável à manutenção da saúde física e mental da criança.


A pediatra do Hospital e Maternidade São Luiz, Dra. Cylmara Gargalak Aziz, explica que o tempo de sono das crianças varia com a idade e se altera de acordo com o amadurecimento do sistema nervoso, mas tem grande importância para todas as faixas etárias.

Como diriam as vovós, dormir ‘sustenta’. “O sono calmo e tranquilo leva a liberação do hormônio Leptina, que é responsável pela saciedade e queima de gordura”, diz a especialista.

Mas, além de alimentar, é ótimo aliado do crescimento. Dra. Cylmara esclarece que os bebês crescem pela liberação do hormônio do crescimento (GH) que atua na síntese de ossos e músculos e é liberado, 75%, no organismo durante o sono REM, ou seja, sono profundo. “O ciclo do sono vai desde a semiconsciência ao sono leve, segue-se o sono com sonhos e finalmente o sono profundo.”

Segundo pesquisa quantitativa do perfil do sono infantil, realizada com 35 mil pais de crianças de até três anos de idade em todo o mundo, 35% dos pais brasileiros acham que seu filho tem algum problema relacionado ao sono.

A pediatra afirma que não há idade certa para os pesadelos, pois os recém-nascidos têm mais sonhos do que os adultos, os quais passam, aproximadamente, 25% do tempo sonhando. “Portanto, se o bebê se assustar dormindo é necessária a presença de um dos pais perto para acalmá-lo. Procure cantar baixinho e acariciá-lo, sem retira-lo do berço”, aconselha.

Estudo realizado pela Johnson & Johnson com a participação de Jodi Mindell, especialista em problemas do sono pediátrico, diretora associada do Centro do Sono, no Hospital das Crianças da Filadélfia, e professora de psicologia na Universidade Saint Joseph, dá três dicas mágicas para que a noite não só do casal, como acne cure does hcl minocycline
do filho seja tranquila.


1º Banho morno- A sensação com o toque da água traz à lembrança do aconchego do útero materno e também relaxa as fibras musculares e aumenta a circulação sanguínea, ajudando a eliminar toxina, aliviar cólicas e tranquilizar o bebê. Aproveite para usar produtos que ajudem na hora do sono, como sabonetes líquidos na água, conforme orientação do pediatra.

2º Massagem relaxante – Desde o momento do nascimento o bebê reconhece seus pais, suas vozes, seus rostos, seus cheiros. Mas, talvez, a melhor maneira de ser profundamente reconhecidos por ele seja o toque. Massagear regularmente seu filho melhora os padrões de sono, ajudando alguns bebês a dormirem melhor e por mais tempo. Peça dicas ao pediatra sobre hidrantes e óleos específicos.

3º Atividade tranquilizante – Indicada já no quarto do bebê, que deve ser um ambiente silencioso, tranquilo e com pouca iluminação utilize uma bela canção de ninar. “A música pode influenciar no estado de espírito, isto é, há músicas que nos fazem relaxar e acalmar, outras que nos ajudam a adormecer e outras que parecem dar-nos energia. O bebê não é diferente e está provado que as canções de ninar o acalmam. Mas, não coloque o som muito alto”, reforça Dra. Cylmara.

Tabela da soneca


Idade Número aproximado de horas de sono:
Recém-nascido 16 a 20 horas por dia
Três semanas 16 a 18 horas por dia
Seis semanas 15 a 16 horas por dia
4 meses 9 a 12 horas mais duas sonecas (2 a 3 horas cada)
6 meses 11 horas mais duas sonecas (2 a 3 horas cada)
9 meses 11 a 12 horas mais duas sonecas (1 a 2 horas cada)
1 ano 10 a 11 horas mais duas sonecas (1 a 2 horas cada)


18 meses 13 horas mais uma ou duas sonecas (1 a 2 horas cada)
2 anos 11 a 12 horas mais uma soneca (2 horas)
3 anos 10 a 11 horas mais uma soneca (2 horas)


Fonte:http://www.mamaeecia.com.br/tag/dormir-a-noite-toda/

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...