Sejam bem-vindos

Sejam bem-vindos

Clique na imagem e assine a petição

Seguidores

Siga-nos no facebook e curta nossa página

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Como educar alunos dispersos


A Carla me perguntou como podemos entreter alunos de educação infantil, que são dispersos.
Nessa idade as crianças tendem a ser dispersas mesmo, mas o educador pode usar de alguns métodos para evitar este tipo de comportamento.
Um deles é propor jogos próprios para a faixa etária que esta trabalhando, no caso da educação infantil, jogo da memória, quebra- cabeça, jogos em grupos que tenha por objetivo reconhecer objetos, e símbolos, seja eles de escrita ou não.
Ensinar brincando é uma forma de causar interesse nos pequenos.
Eu encontrei o texto abaixo no site da Revista Nova Escola e eu acho que pode interessar, leiam que  é interessante.




As crianças da Educação Infantil são muito dispersas, o que dificulta o agrupamento delas. Existem atividades específicas para essa fase?

Alessandra Neroni Riul, Franca, SP
As crianças aprendem a se concentrar em uma só atividade quando ficam mais tempo fazendo aquilo em que estão interessadas e têm acesso a temas instigantes e adequados para a faixa etária delas. "A dispersão não é só uma questão de maturação biológica. É também de aprendizagem", explica Maria Virgínia Gastaldi, formadora de professores do Instituto Avisa Lá, em São Paulo. "Trabalhar em grupo é a melhor forma de aprender a trabalhar dessa forma."

A organização do espaço é um meio de favorecer esses agrupamentos. Em vez de manter a sala com carteiras enfileiradas, é mais adequado montar ambientes diversos e voltados a uma quantidade menor de crianças nos chamados cantos de aprendizagem.


São exemplos os cantos de leitura, de jogos no computador, de faz-de-conta, de consultório médico, de supermercado, de escritório e de salão de cabeleireiro. Dessa maneira, eles se reúnem por interesses, preferências e gostos, ao mesmo tempo em que aprendem a lidar com conflitos. Assim, têm a oportunidade de desenvolver o relacionamento interpessoal sem o controle direto do professor, a quem cabe selecionar e organizar os materiais, como fantasias e objetos diversos, para contribuir no enriquecimento dos papéis de faz-de-conta, demonstrar as regras das brincadeiras e ajudar quando uma criança não consegue, por exemplo, resolver um jogo de encaixe sozinha ou com a ajuda dos amigos.


Diferentemente do que ocorre com os maiores, os pequenos da creche e da pré-escola precisam de espaço para mostrar suas vontades, pois é esse o momento de começar a desenvolver a identidade e a autonomia. Por isso, nessa fase, é importante que eles sejam levados a variar as atividades praticadas e a buscar novos desafios. Por exemplo, experimentando um novo canto. "O ideal é que o professor não regule tão estritamente o ritmo das atividades. As crianças sempre fazem suas escolhas respeitando as opções planejadas e as condições estipuladas", argumenta Maria Virgínia.

5 comentários:

moraesedilaine on 17 de março de 2011 17:17 disse...

Tenho um filho de 11 anos,e ele está com muita dificuldade de falta de atenção em sala de aula, e estou muito preocupada com ele, o que possso fazer para ajudar ele, pois ajudo ja na s atividades e a estudar para as provas.

JOGOS EM REDE on 9 de maio de 2011 22:18 disse...

Tenho um filho de 7 anos, e a professora vira e mexe reclama que ele brinca com o material dele, gosta de inventar,em casa ele inventa robô, um monte de coisas, desmonta ascoisaspra ver como funciona, as vezes até estraga o material escolar brincando, antes eu pensava que o problema era a visão, mais já está usando óculos, por sinal grau muito alto 4 graus e estrabismo, mais mesmo depois do óculos, continua disperso, mas é apenas dispersão, não tem problemas de comportamento, o que fazer me ajudem???

Lariça Betfuer on 3 de agosto de 2011 12:43 disse...

A MÃE DO MENINO DE 11 ANOS ESTÁ CORRETÍSSIMA AO AUXILIÁ-LO NAS ATIVIDADES ESCOLARES, O DIÁLOGO E O AUXÍLIO NAS TAREFAS ESCOLARES SÃO AS ATITUDES MAIS APROPRIADAS QUE OS PAIS DEVEM TER QUANDO O ALUNO É DISPERSO, NA VERDADE O IDEAL É QUE TODOS OS PAIS FIZESSEM ISSO INDEPENDENTE DAS DIFICULDADES (OU NÃO) DE SEUS FILHOS, O MAIS CORRETO A FAZER, É ESTIMULÁ-LO A TER MAIS ATENÇÃO,ISSO PODE SER FEITO SE OS PAIS E PROFESSORES ELOGIAREM OS PONTOS POSTIVOS DO ALUNO, A AUTO-ESTIMA DO MESMO, FICARÁ EM ALTA E ELE SE SENTIRÁ MAIS SEGURO E MAIS MOTIVADO A PRODUZIR MELHOR E POR CONSEQUENCIA AUMENTAR SUA ATENÇÃO EM SALA DE AULA.

Lariça Betfuer on 3 de agosto de 2011 12:48 disse...

A MÃE DO ALUNO DE 7 ANOS, RELATA TER UM FILHO CRIATIVO E QUE É MUITO NOVINHO AINDA, ALGUMAS CRIANÇAS TEM DIFICULDADE EM SAIR DA EDUCAÇÃO INFANTIL QUE SE TRABALHA MAIS O LÚDICO E PARTIR PARA O ENSINO FUNDAMENTAL QUE TEM MAIS COBRANÇA E NO QUAL ESTÃO SENDO AVALIADOS DIA-A-DIA.
MÃE É NORMAL QUE SEU FILHO INVENTE, CRIE, ISSO SÓ MOSTRA QUE ELE É UM GAROTO CRIATIVO E QUE GOSTA DE BRINCAR, TODOS NÓS GOSTAMOS DE BRINCAR, MAS A SENHORA DEVE TER UM DIÁLOGO COM ELE E FAZER UM COMBINADO, HORA DE BRINCAR, É HORA DE BRINCAR, HORA DE ESTUDAR É HORA DE ESTUDAR, PEÇA PARA QUE A PROFESSORA SEJA UM POUQUINHO MAIS COMPREENSIVA, E COMO NO PRIMEIRO CASO, PARA ESTIMULAR UMA CRIANÇA A PRODUZIR, É NECESSÁRIO SEMPRE ELEVAR A AUTO-ESTIMA DELA, MESMO QUE ELA FAÇA POUCO, DEVE SER ELOGIADA E MOTIVADA A PRODUZIR MAIS.
MAS NÃO SE ESQUEÇA DE ENSINAR SEU FILHO SOBRE DIREITOS E DEVERES.
ESPERO TER AJUDADO.

Maria Amparo on 16 de maio de 2014 19:11 disse...

Eu tenho um filho de 8 anos , estou passando mal com tudo que esta acontecendo , ainda nao sabe le ..esquece facilmente das palavra e da letras ...sou chamada todos os dias na escola , pois alem disso tudo , esta com pessimo comportamento e nap faz nada na sala de aula , rasga tudo que pega ... me ajuda por favor .

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...